sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

MORRER SEM DEUS.



Numa grande usina em Sheffield, Inglaterra, um jovem caiu acidentalmente sobre uma chapa de ferro incandescente. Quando ele foi retirado pelos seus colegas operários, praticamente um lado inteiro de seu corpo estava queimado até os ossos.

Alguns dos homens gritaram: "tragam um médico"! Mas o jovem acidentado gritou: "esqueçam o médico"! Há alguém aqui que me explique como posso me salvar? Tenho negligenciado a minha alma e estou morrendo sem Deus. Quem pode me ajudar"?

Havia trezentos homens ao seu redor, mas nenhum podia lhe apontar o caminho da salvação. Depois de uns vinte minutos de uma agonia indescritível, ele morreu como vivera - sem Deus.

Um homem que viu esse acidente e ouviu os reclamos do jovem moribundo era um cristão que tinha abandonado a fé e voltado para uma vida de pecados. Quando eu olhei e perguntei a respeito do que acontecera,ele disse:"desde então ouço os gritos dele e gostaria tanto de ter-me abaixado para apontá-lo para Jesus - mas a minha vida fechou os meus lábios".

Será que a nossa vida diz ao mundo que somos cristãos? Ou será que ela fecha os nossos lábios quando os outros mais necessitam de nós?

Nenhum comentário: