domingo, 19 de dezembro de 2010

A BELEZA E A RIQUEZA DO CORPO - PR.CLAUDIO MORANDI.



E pôs todas as coisas debaixo dos pés, e para ser o cabeça sobre todas as coisas, o deu à igreja, a qual é o seu corpo, a plenitude daquele que a tudo enche em todas as coisas. Efésios 1:22-23.
As riquezas de Cristo são muitíssimo profundas. Ele é o Senhor que a tudo enche em todas as coisas. Com Ele estão as riquezas insondáveis. A intenção de Deus não é que essas riquezas profundas e infinitas permaneçam apenas em Cristo, mas se tornem as riquezas da igreja. Sua intenção é que a igreja se torne a plenitude Daquele que a tudo enche em todas as coisas. A igreja é um vaso que contém a vida de Cristo. Todas as riquezas do Filho de Deus estão depositadas na igreja. As riquezas de Cristo são as riquezas do Corpo de Cristo. Ninguém individualmente jamais poderá conter essas riquezas, nem uma multidão de indivíduos. É preciso um grupo corporativo para conter as riquezas de Cristo. Os cacos de um copo podem conter individualmente algumas gotas de água, mas é preciso o copo inteiro para conter um copo d'água. A igreja não é um monte de pedras, nem uma massa de indivíduos sem relação entre si, mas um “edifício” no qual as pedras estão “ajustadas” para se tornar a “habitação de Deus no espírito”. No qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para santuário dedicado ao Senhor, no qual também vós juntamente estais sendo edificados para habitação de Deus no Espírito. Efésios 2:21-22.
Em certo sentido, cada cristão individualmente é um templo de Deus, mas somente o templo coletivo pode conter todas as riquezas de Deus. As Escrituras Sagradas nos revelam que a manifestação da multiforme sabedoria de Deus aos principados e potestades é feita pela igreja, e não por indivíduos. Irmãos, somente o Corpo de Cristo tem a capacidade de expressar as riquezas de Cristo. Precisamos estar no Corpo para compreender as riquezas que Cristo tem em Seu Corpo. Não é um cristão apenas, mas todos os cristãos juntos que podem chegar “à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus”. Até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo. Efésios 4:13.
Irmãos, todos os membros do Corpo de Cristo comprometem-se mutuamente. Se um membro sofre, todos espontaneamente sofrem. Às vezes sentimo-nos fortes porque foi transmitida força de outros membros para nós. Todos os membros podem afetar os demais. É por isso que não devemos viver para nós mesmos, mas reter a Cabeça e buscar a comunhão. Retendo a cabeça, da qual todo o corpo, suprido e bem vinculado por suas juntas e ligamentos, cresce o crescimento que procede de Deus. Colossenses 2:19.
Como Cristo é a Cabeça do Corpo, temos de reter a Cabeça. Reter a Cabeça é reconhecer que somente Cristo é a Cabeça; é estar totalmente sob Sua autoridade. Somente podemos estar unidos aos irmãos quando retemos a Cabeça. Os membros do Corpo são encaixados e capacitados a viver a vida do Corpo retendo a Cabeça. O relacionamento com a Cabeça determina o relacionamento com os outros membros. Todas as questões a respeito do relacionamento com os irmãos só podem ser resolvidas quando nos colocamos sob a autoridade absoluta do Senhor. Se não reconhecermos o encabeçamento de Cristo no Corpo, jamais teremos comunhão perfeita com os outros membros, porque é o relacionamento normal com Ele que nos leva a nos relacionar com os outros. Podemos ser diferentes exteriormente, mas o Cristo que está em nós é o mesmo. É por isso que podemos ter comunhão uns com os outros e ser um. Além de Cristo não há como termos comunhão. Quando não retemos a Cabeça, nossa comunhão fica inválida. A base da comunhão é reter mutuamente a Cabeça. Quando todos retivermos a Cabeça, reteremos uns aos outros e o relacionamento com o Corpo será adequado. Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia. Colossenses 1:18. A força da nossa existência vem de Cristo. É por isso que não podemos fazer nada de maneira independente. Somente o Senhor é a nossa Cabeça, e somente Ele tem a autoridade para dirigir o mover dos membros do Corpo. Nesta era de ilegalidade e corrupção, uma palavra sobre a necessidade de submeter-se à autoridade não é bem recebida; mas se queremos entender a vida do Corpo e entrar nela, devemos conhecer a autoridade da Cabeça. Minha mão não pode fazer coisa alguma sem a direção da cabeça. A cabeça deve comandar para que os membros se mexam. Cristo é a vida e também a autoridade no Corpo. Cada movimento dos membros deve estar sob a direção da Cabeça. O fato de Cristo ser a Cabeça significa que Ele tem autoridade no Corpo. Nós não somos a Cabeça, não temos autoridade. A única coisa que devemos fazer é submeter-nos à autoridade do Senhor. Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Mateus 28:18.
Um dia Deus fará todas as coisas do universo serem encabeçadas em Cristo. Hoje o universo ainda não está sob o encabeçamento de Cristo, e tudo está em confusão. Mas um dia Deus colocará todas as coisas sob o encabeçamento de Cristo. Deus ordenou que Cristo exercesse o encabeçamento de todas as coisas, mas hoje esse encabeçamento deve ser exercido primeiramente na igreja, e, então, por meio da igreja, será exercido sobre todas as coisas. Toda autoridade está Nele porque toda vida está Nele. Todo o Corpo é consumado Nele; Ele é o manancial de vida do Corpo. Corpo não tem vida em si mesmo. Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está no seu Filho. 1 João 5:11b.
Mesmo depois que a vida eterna é dada a nós, ela ainda está no Seu Filho. Não possuímos a vida como vida; somente possuindo o Filho é que temos vida. Um cristão recebe sua vida do Senhor. Contudo, essa vida jamais pode ser separada do Senhor. Um crente não se relaciona apenas com a vida. Por estar relacionado com essa vida, o cristão está relacionado com o Filho de Deus. Essa vida nos torna membros do Corpo de Cristo. Esse relacionamento de vida descarta a possibilidade de estarmos separados da Cabeça, porque nossa vida provém da Cabeça. O fluir de vida em nós depende continuamente do relacionamento com o Filho. Assim que surge uma obstrução na comunhão com Ele, a vida em nós é bloqueada. Ele é a Cabeça do Corpo, e a vida pode fluir livremente para nós apenas quando Ele tem o controle total. Leiamos João 15:5 Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.
Irmãos, tudo que temos é no Corpo, pelo Corpo e para o Corpo. Que o Senhor nos mostre que todos temos parte na reunião. Não basta falar do Corpo; temos de expressá-lo em nosso viver. O Corpo de Cristo não é doutrina; é realidade espiritual em vida. Deus deseja que entremos na vida do Corpo, não para ter a doutrina do Corpo. Nós recebemos a vida do Corpo e não uma doutrina sobre o Corpo. Martinho Lutero não recebeu a doutrina da justificação pela fé, mas a vida da justificação pela fé. Como resultado, seu ministério foi poderoso. A justificação de que falava não era doutrina, mas realidade em vida. Hoje, todos devemos receber a revelação da realidade do Corpo e entrar na vida do Corpo. Então, veremos que somos membros do Corpo de Cristo, que precisamos da proteção e também funcionar no Corpo e suprir outros membros para que a vida do Corpo flua sem impedimento. Lembram da palavra que Jesus em João 7:38? Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva.
Nós que morremos e ressuscitamos com Cristo, somos chamados para sermos o Corpo de Cristo. Somos chamados para sermos o novo homem. Somos chamados para sermos cidadãos do Reino do Filho do Seu amor. Somos chamados para sermos família de Deus. Somos chamados para sermos Casa de Deus. Somos chamados para sermos noiva, a esposa do Cordeiro. Vocês conseguem ver a beleza e a riqueza deste fato? Isto é muito grande! Por isso se percebermos que um cristão nada mais é que um membro, não nos orgulharemos mais. Tudo depende do que vemos. Os que vêem que são membros certamente valorizam o Corpo e honram os outros membros. Eles não vêem apenas as próprias virtudes, mas prontamente reconhecem que os demais são melhores do que eles. Nada que provém de nós jamais pode se tornar parte do Corpo de Cristo. Por quê? Porque Cristo é tudo e em todos. Colossenses 3:11b. Amém.

Sejam edificados no Corpo da Igreja(Cristo Jesus).
Ajudem a publicar este blog, para a Honra e Glória de Cristo.

Nenhum comentário: