quinta-feira, 27 de novembro de 2008

REFLEXÃO DO DIA - O RECITAL DA VIDA.

O Recital Da Vida

"ele me ensinava, e me dizia: Retenha o teu coração as minhas palavras; guarda os meus mandamentos, e vive" (Provérbios 4:4).

Um jovem estudava violino com um mestre mundialmente famoso. Finalmente chegou o dia em que ele apresentou seu primeiro recital. A cada música apresentada, o público se manifestava com calorosos aplausos, mas ele não se mostrava satisfeito. Mesmo após o último número, quando a platéia aplaudiu com euforia, o talentoso violinista continuava dirigindo seu olhar para um homem velho sentado junto a uma sacada. Por fim aquele homem de cabelos grisalhos sorriu e sacudiu a cabeça em aprovação. Imediatamente o jovem relaxou e irradiou toda a sua felicidade. O homem na sacada era seu professor. O aplauso da multidão nada significou para ele até que ganhou a aprovação de seu mestre.

De que adianta agradar ao mundo e não agradar a Deus? De que serve a notoriedade entre os homens se não temos a aprovação do Senhor? Que nos aproveitará os aplausos da multidão se não contamos com os aplausos do nosso Mestre?

A Palavra de Deus nos ensina a buscar em primeiro lugar o reino de Deus. Quando estamos colocados na presença do Senhor Jesus e a nossa vida glorifica o Seu nome, tudo o que fizermos será bem sucedido e em todas as nossas atitudes receberemos aplausos. E esse justo reconhecimento deve-se ao fato de termos o Senhor em nossos corações e a tudo que Ele realiza em nós e através de nós.

Nos recitais da vida poderemos colocar em prática tudo o que aprendemos aos pés do nosso Mestre. Ele nos fará brilhar, nos dará vitórias em todos os empreendimentos, alegrará sobremaneira o nosso coração e estará sempre perto de nós, para sorrir e sacudir a cabeça mostrando aprovação. Será isso o que importará para nós e o que motivará toda a nossa existência.

Você está pronto a apresentar o seu recital de louvor e engrandecimento do nome de Jesus?





Referência: Paulo Roberto Barbosa, Email: tprobert@terra.com.br

A DEUS toda a Glória!

Nenhum comentário: